A Arte de Dizer em Outras Palavras

Quem nunca ouviu uma música e ficou horas parado, analisando cada detalhe, cada estrofe e criando teorias que explicassem o significado por trás dela? Essa é a arte que se revela em uma produção musical, onde tudo é pensado para combinar conceitos e desenvolver um pensamento que dialogue com o público. 

Beyoncé e sua inovação

Muitos artistas e bandas usam essa técnica há anos. Assim, até hoje deixam os fãs e apreciadores de queixo caído com cada lançamento. Uma grande referência para esse tipo de trabalho é a Beyoncé. Pois, a cantora é mundialmente conhecida por seus discos de sucesso que englobam diversos assuntos relacionados a empoderamento e igualdade. 

Em 2016, ela lançou o álbum visual “Lemonade” que tinha como um dos conceitos o impacto da escravidão nos relacionamentos de pessoas negras e o que isso fez com a família de homens e mulheres negros.  De acordo com o site americano A Medium Corporation, “a cantora americana, negra e feminista resgata suas próprias memórias e dá às letras uma manifestação visual íntima do que pensou quando as escreveu”.

Arte brasileira na Ditadura Militar

No panorama nacional, a Ditadura Militar durou de 1964 a 1985. Durante esses 21 anos houve restrição à liberdade civil. Com isso, a liberdade de expressão e de organização eram quase inexistentes. Por isso, os meios de comunicação e as manifestações artísticas foram reprimidos pela censura.

Inclusive, nesse período muitos artistas tiveram suas músicas proibidas. Mas apesar de todos os riscos, continuaram escrevendo suas composições. Em outras palavras, as utilizaram para combater a ditadura e toda a destruição que ela trouxe. Artistas brasileiros como: Chico Buarque, Elis Regina, Caetano Veloso e Geraldo Vandré produziram músicas que marcaram esse cenário cruel da história do Brasil.

Esses foram apenas alguns exemplos para mostrar o poder das produções musicais. Muitos outros artistas são conhecidos por utilizarem a música para combater preconceitos e se posicionar pedindo igualdade e respeito. Essa é a arte de utilizar palavras, poesias, harmonias e melodias com a esperança de mudar a realidade. A música é um instrumento que avança fronteiras, quebra barreiras e levanta nações. E você, o que tem a dizer de outra forma?

Mostrar comentáriosFechar comentários

Deixe um comentário